1 passo pra frente, 2 passos pra trás

Já faz algum tempo eu desisti de estipular metas para mim.

Talvez porque eu mudo de ideia no meio do caminho, talvez porque muitas vezes eu não tenho a força de vontade de ir até o final ou talvez porque sempre que eu sinto qualquer ínfimo senso de controle vem algum imprevisto e bagunça tudo. Eu não lembro a última vez que estipulei uma meta pra mim por menor ou maior que fosse.

Uma coisa que aprendi sobre mim conforme os anos vão passando é que sou – e talvez sempre seja – uma pessoa de momentos. E que nos raros momentos em que encasqueto com uma vontade eu sou capaz de traçar um plano mais ou menos certo para conseguir o que eu quero, mas se esse plano vai acontecer ou mais ainda dar certo são outros 500. Conforme os anos vão passando venho sentindo uma necessidade de ser firmar em algo, seja numa profissão, num relacionamento, num desafio a ser superado. Faz um tempo isso me acompanhar, só que por anos eu me defini em termos que até hoje eu não sei se eram mesmo meus ou se eram o que eu acreditava que deveria ser.

Essa jornada de auto-conhecimento vem ficando mais profunda a cada dia que passa e eu tenho ficado cada vez mais desesperada com a minha falta de rumo a cada ano que passa. Tento acreditar que ainda há certa beleza em não ter um norte definido e na possibilidade de me descobrir a cada nova experiência, mas ainda acho que a essa altura da minha vida eu já deveria ter uma noção melhor de quem eu sou.

Me definir não é uma coisa na qual sou particularmente boa. Se muito eu já tenho uma longa lista de coisas que eu não gosto e que não quero ser ou fazer. Há quem diga que isso por si só já é uma boa definição de mim. Mas eu ainda preciso de mais. Preciso de algumas linhas que definam os meus limites, os meus valores, os meus alicerces individuais nesse mundo onde cada vez tudo fica mais igual. Genérico. Efêmero.

Se existe algo de bom para se achar na caótica situação mundial é que passar tanto tempo presa dentro do mesmo ambiente me dá a chance de pode olhar para dentro sem maiores distrações, é encarar as quatro paredes do meu quarto e decidir o que eu quero refletido nelas, o que eu quero manter e diferir o que eu realmente preciso do que eu achava que precisava. Das intenções que eu tinha definido para 2020 essa de aprimorar meu ambiente é a única na qual estou tendo qualquer tipo de sucesso, todas as outras viram uma dança de um pra frente, dois pra trás, gira para o lado e descobre mais uma falha de caráter, vira para o outro e tenta não perder a paciência.

E vou levando essa dança com o melhor e o pior de mim.

 

2 comentários sobre “1 passo pra frente, 2 passos pra trás

  1. Eu poderia dizer que quem escreveu esse texto foi eu, porque me sinto exatamente como tu. Apenas saber das coisas que eu não gosto e não quero não são suficientes para traçar objetivos do que eu quero pra minha vida. No momento, a questão profissional é a que mais me pega e também me questiono coisas do tipo “não achas que já passou da hora de tu saberes o que queres da vida???”. Minha psico sempre me falava que enquanto eu não fosse me mexer pra mudar isso, eu não deveria gastar energia com esses pensamentos… porém entra a outra questão: eu também sou de momentos e nem sempre consigo concluir meus planos.
    Por mais triste que seja, esse texto me deixou um pouco aliviada por saber que eu não sou a única com esses questionamentos e problemas. Que um dia possamos deixar isso de lado.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Gabi, estava conversando sobre isso com a minha irmã ontem mesmo e ela demorou para se encontrar. Estou tentando também tirar essa pressão de colocar uma “data limite” para me encontrar e isso tem me ajudado a considerar as coisas com um pouco mais de calma e analisar o que eu realmente quero ou não com um pouquinho mais de clareza! Obrigada por compartilhar sua experiência comigo ♥

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s